segunda-feira, 23 de março de 2015

O que é Marketing?

MARKETING, essa palavra já é usual nos nossos dias. Desde o final da segunda guerra esse conceito é mundialmente difundido. Mas afinal, o que é marketing? Se você já se fez essa pergunta, e movido pela curiosidade ou pela necessidade, foi atrás da resposta, provavelmente se deparou com as mais variadas explicações. O objetivo deste artigo é simplificar o que a maioria - por desconhecimento, insensibilidade ou propositalmente - tentam complicar.
Em um único conceito, marketing é comercialização. No inglês, essa é a tradução literal - comercializar - mais precisamente, "mercadalizar" (sim, sabemos que essa palavra não existe!!). Tornar próprio ao mercado. Não vamos citar aqui Kotler ou Drucker (poderíamos, mas não vamos!), pois isso não é um artigo acadêmico. A teoria é muito importante e complementa a prática, mas vamos te poupar da teoria... e iremos direto para a prática. A boa prática.
Marketing é um conjunto de técnicas e métodos, aplicados como arte para atingir um determinado fim. Arte? Sim e explicamos: arte é uma habilidade técnica aplicada esteticamente para um outro fim. Uma pintura de Cezanne ou uma intervenção de Hirst procura trazer algo a mais que o exposto esteticamente - uma mensagem, uma revelação - mostrar algo. Assim, o marketing e suas escolas também buscam um resultado para além do discurso apresentado. Tudo o que sua empresa ou marca fizerem para obter mais vendas ou mais lucro é um esforço de marketing. Porém nem todo esforço é artístico.
Vamos a um exemplo concreto: A cultuada Coca-Cola, criação de Pemberton e Robinson, foi na verdade um grande fracasso. Como assim?! Era inicialmente um tônico fortificante, a base de álcool. Porém em 1884, o puritanismo americano condenava o álcool, e nenhuma pessoa decente poderia ser visto tomando-a. Foi preciso um reposicionamento, ligando o xarope a um costume da época (misturar xaropes com água gasificada), para que as vendas iniciassem - e mesmo assim, por mais de 10 anos foi um fracasso. Foi só quando Asa Griggs Candler, empresário e farmacêutico comprou a fórmula e começou a trabalhar a marca ao invés do produto, que a Coca-Cola começou a se tornar o que é hoje.
E não se enganem - custou e custa muita energia (dinheiro, tempo e recursos humanos) para criar e manter uma boa marca. Mas por esse exemplo citado e muitos outros, temos certeza que vale a pena investir em marketing. Todo esforço feito isoladamente (anunciar, panfletar, fazer promoções de vendas, etc...) são esforços de marketing, mas se não houver um direcionamento, uma política consistente que diga algo a mais do que "quero ter mais lucro", os resultados serão mínimos. Porém, qualquer coisa é melhor do que nada! Não fique parado... acenda sua ideia!

sexta-feira, 20 de março de 2015

Nossos serviços: assessoria de imprensa

Falar bem de si mesmo, na maioria das vezes, não basta para convencer o mercado de que a empresa tem realmente a melhor solução. Com nosso serviço de assessoria de imprensa nos especializamos em levar as notícias de nossos clientes ao mercado, expondo-as em veículos respeitados e aumentando assim sua credibilidade.

Você tem a notícia, a assessoria de imprensa EPLANI gera o conteúdo e trabalha para que seja publicado. 


quinta-feira, 19 de março de 2015

Treinamento | Módulo Clientes e Mercado

Gestão da Qualidade Total
Associação Comercial e Industrial de Lajeado/RS (ACIL)

Palestra sobre Merchandising na ACIAB

No dia 9 de abril a Associação Comercial, Industrial e Agropastoril de Bom Retiro do Sul (Aciab) promove palestra voltada para seus associados e público interessado. O Merchandising Ativo será o tema abordado por José Ivan Maia, o palestrante do encontro que ocorrerá no Auditório Egon Hary Lipp do Centro Administrativo, com início às 19h30min.

quinta-feira, 12 de março de 2015

Artigo: Networking ou Interesseworking?

Não faça contatos, faça amigos.

Muito difundido no mundo corporativo o networking é a união do termo "Net" que por definição, significa rede e "Working" é o mesmo que trabalhando. Em uma forma resumida, podemos colocar que quanto maior e mais forte for sua rede de contatos, mais oportunidades apareceram em sua vida, como uma boa colocação profissional. É cada vez mais importante desenvolver uma estratégia para a evolução da carreira. Com toda a voracidade do mercado de trabalho atual, os profissionais, ao mesmo tempo em que buscam o conhecimento e a informação, precisam manter e cultivar sua rede de relacionamentos, ou networking.
Na verdade não sou contra este conceito, mas acredito que ele está deturpado. Aproximar-se das pessoas apenas e tão somente com o exclusivo interesse de aumentar sua lista de contatos profissionais, de ter o e-mail ou número de telefone de alguém importante para acionar em uma situação de dificuldade é uma relação de interesse pessoal e não de rede de relacionamento.
Se você buscar aproximação com qualquer pessoa pelo simples fato de querer aumentar sua rede de contatos, estará cometendo um grande erro. Seus contatos corporativos devem ser baseados em uma relação de amizade, de confiança. Construir relacionamentos vale muito mais e com certeza será duradouro.
Não faça contatos, faça amigos. Contatos são breves, amigos ficam pra sempre. E pra quem não acredita em amizade no ambiente de trabalho, siga fazendo contatos e torçam para que eles sejam seus amigos quando você precisar.

quarta-feira, 11 de março de 2015

Nossos clientes: Rodan Esporte & Lazer

Nossos Clientes!
RODAN ESPORTE & LAZER!
Visite o site e-commerce:
www.lojasrodan.com.br
 
Planejamento & Consultoria

Estratégia de canais e comunicação, consultoria de marketing, planejamento de mídias, pesquisas online, diagnósticos web, lançamento de produtos e serviços, comunicação corporativa, eventos, marketing direto e de relacionamento.